Polimento Perfeito

A qualidade do estado da pintura de um veículo é essencial para manter seu valor de revenda. Portanto, economizar nos materiais utilizados para restaurá-la, é o famoso “barato que sai caro”.

Em outro post de nosso blog, apresentamos uma linha de soluções para polimento de alta qualidade, lançada no Brasil, que engloba desde diferentes tipos de boinas para polimento até compostos polidores profissionais adequados para cada etapa do processo até o acabamento final. Utilizar a sequência correta de produtos, com as especificações ideais para cada fase do polimento é essencial para obter uma pintura perfeita. Veja a seguir algumas recomendações de processo, utilizando uma sequência combinada de produtos desenvolvidos para um resultado progressivo e perfeito até o final. Neste passo a passo, utilizamos o kit para polimento profissional da TEROSON, pela sua ampla combinação de possibilidades entre limpadores, níveis de abrasividade e ferramentas.

1- Primeiramente limpe a área afetada com LOCTITE SF 7063. Em seguida, lixe, se necessário para eliminar os defeitos da superfície. Comece com papel de lixa de grão mais grosso e depois vá reduzindo (para por exemplo, papel de lixa de grão 2000, ou mais fina).

2- Limpe a superfície novamente com o mesmo produto.

3- Aplique o polidor TEROSON WX 150. O ideal é trabalhar em etapas que não duram mais de 1 minuto, para não sobreaquecer a superfície, o que pode afetar os resultados. Aplique o polidor com máquinas rotativas ou orbitais e sempre com a boina TEROSON indicada para cada uma. Comece o processo de aplicação com a máquina em baixa rotação para espalhar bem o material. Uma vez que isso é feito, gradualmente, aumente a potência.

4- Remova os resíduos do polimento com uma flanela de microfibra.

5- Repita o processo de polimento desta vez com uma opção de menor abrasividade. A escolha do tipo de produto irá depender do nível de corte e brilho desejados.

Na linha de polidores TEROSON, existem várias opções com diferentes níveis de distribuição específica de grãos abrasivos. Esses grãos vão diminuindo para se adequar a cada passo de polimento e, progressivamente, geram um resultado mais suave e uniforme.

Para a fase de acabamento, os produtos possuem grãos abrasivos aglomerados, e eles vão sendo quebrados gradualmente até se tornarem um pó muito fino que concede um acabamento extramacio.

Todas essas formulações são à base de água e não possuem silicones ou solventes. TEROSON WX 180 também incorpora cera de carnaúba para fornecer uma excelente proteção contra o tempo e diferentes condições ambientais.

Veja em nosso post anterior a descrição de cada produto e sua adequação.

Recomendações gerais:

– Use sempre uma quantidade suficiente de polidor na boina, evitando excessos. Reaplique o produto quando necessário.

– Use combinações corretas de boina, polidor e velocidade de rotação. As especificações também estão em nosso post anterior.

– Operar a lixadeira a uma velocidade lenta. Execute movimentos suaves, sobrepondo cada passagem sobre a borda do anterior (primeiro horizontalmente e depois verticalmente).

– Use roupas de proteção adequadas, luvas e óculos.

– Use escovas, esponjas ou outras pequenas ferramentas de abrasão para polir defeitos delicados.

– Limpe sempre a área trabalhada entre cada etapa da operação.

Erros comuns a evitar durante o processo de polimento:

– Iniciar com já com a lixadeira em velocidade alta.

– Aplicar pressão excessiva na lixadeira.

– Tentar polir sobre superfícies sujas.

– Polir com muita força nos cantos.

– Trabalhar com exposição direta ao sol.

Para mais dicas e novidades, siga-nos através de nossos alertas de Email, Fan Page, grupo do LinkedIN e canal no Youtube.